Instituto


Docentes e colaboradores

Alfredo Mario Savelli

Doutor em Arquitetura e Urbanismo FAU/ Mackenzie 2009
Mestre em Engenharia Civil POLI/ USP2003
Professor Titular da Escola de Engenharia Mackenzie (atual)
Membro do Conselho Deliberativo da Academia Nacional de Engenharia (atual)
Membro do Conselho Deliberativo do Instituto de Engenharia (atual)
Membro do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia (atual)
Titular de escritrio de projetos de Engenharia Civil (atual)
Presidente do Instituto de Engenharia 1993/ 97
Secretario Municipal de Coordenao das Administraes Regionais PMSP 1997/ 98
Presidente da EMURB Empresa Municipal Urbanizao PMSP 1998/ 99
Secretario Municipal de Servios e Obras PMSP 1998/99
Secretario Municipal de Vias Pblicas (Infra estrutura Urbana) 1998/99
Executor de inmeras obras e projetos de Engenharia Civil 1960/ 2012
Engenheiro de Segurana FAAP 1976
Engenheiro Civil/ Escola de Engenharia Mackenzie 1960
Engenheiro Industrial/ Escola de Engenharia Mackenzie 1960


Alfredo N. P. de Moraes

Graduado em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP e Ps com especializao em Finanas e economia na FGV, ele atuou no Banco Noroeste S.A. como Gerente de Contas, no Unibanco S.A. onde exerceu as funes de gerente de mercado interbancrio, sendo responsvel por desenvolver e conduzir negcios com bancos e outras instituies financeiras, no Banco Itamarati como Diretor de Tesouraria onde posteriormente foi promovido a Vice Presidente Snior de Tesouraria, no Banco ABC Brasil S.A. assumiu as funes de Vice Presidente Financeiro, acrescendo s suas responsabilidades o planejamento do Banco e relacionamento com investidores e clientes institucionais. Adicionalmente participou da Anbima como Vice Presidente. Foi por 4 anos Presidente da Andima e integrou diretorias da Febraban e Anbid, somando mais de 20 anos de atuao junto a entidades de classe do setor financeiro. Atualmente Diretor da Ancord. Em 2007 juntou-se ao Banco Intercap S/A na qualidade de diretor com atribuies diretas na parte financeira e indireta na administrao do Banco como um todo via o seu comit de gesto sendo posteriormente alado condio de Diretor Superintendente e passando a coordenar os trabalhos da diretoria do prprio Banco e tambm de sua DTVM.

Aluizio de Barros Fagundes

Engenheiro Civil pela Escola de Engenharia de So Carlos da Universidade de So Paulo USP (1967); Mestre em Engenharia pela Escola Politcnica da Universidade de So Paulo USP (1979); Mediador e rbitro pelo Instituto de Engenharia (1999).

Presidente do Instituto de Engenharia, mandatos 2009-2010 e 2011-2013; membro vitalcio do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia; Vice-Presidente da Federao Brasileira de Associaes de Engenheiros - FEBRAE, mandato 2003-2005; Scio-Fundador da Associao Brasileira de Concessionrias de gua e Esgotos ABCON (1996).

Professor Universitrio - Cadeira de Construo Pesada: Escola Politcnica da USP - EPUSP (1975-1985); Instituto Mau de Tecnologia (1979-1985); Escola de Engenharia da UNIP (1988-1991).

Autor de diversas publicaes tcnicas no magistrio, em revistas especializadas e anais de eventos acadmicos e profissionais.

Profissionalmente dedicado ao ramo de Engenharia Consultiva para obras pesadas e de infraestrutura socioeconmica, coordenou, dirigiu e participou de cerca de duzentos empreendimentos, com destaque das Estaes S e Repblica do Metr de So Paulo; Usinas Hidroeltricas Trs Irmos e gua Vermelha da CESP; Tnel Virio Ayrton Senna, So Paulo; Adequao da Calha do Rio Pinheiros, ELETROPAULO; Permetros Irrigados da CODEVASF; Tnel Adutor de Abastecimento da Zona Sul do Rio de Janeiro, CEDAE; diversos empreendimentos de Saneamento Bsico para a SABESP.

Atua desde 1996, como Consultor Independente para desenvolvimento de negcios e concepes tcnicas em empreendimentos de Servios Pblicos de gua e Esgotos.

Arnaldo Pereira da Silva

ESCOLARIDADE

Superior Graduao Engenheiro Eletricista formado pela Escola de Engenharia Mackenzie (1963)
Superior Especializao Operao Econmica de Sistemas Geradores de Energia Eltrica. Escola de Engenharia de Itajub (1978) .

ATIVIDADES PROFISSIONAIS EXERCIDAS
DIDTICAS (1963 a 1989)
Lecionou Fsica,Geometria Plana, Desenho Geomtrico, Geometria Descritiva e Laboratrio de Eletricidade nas seguintes Escolas:
Colgio Bandeirantes
Colgio Dante Alighieri
Faculdade de Engenharia Industrial FEI
Curso Preparatrio para Vestibular Mack Nobre
Curso Pandi Calogeras
FUNCIONAIS TCNICAS
No Departamento de guas e Energia Eltrica do Estado de So Paulo DAEE (1964 a 2002)
 Admitido como engenheiro (1964)
 Assistente Tcnico da Diretoria de Planejamento
 Diretor da Diretoria de Planejamento
 Chefe do Gabinete da Superintendncia
 Assessor Tcnico Chefe (Superintendente Adjunto)
 Superintendente (1994 a 1995)
 Superintendente Adjunto (aposentado como servidor efetivo em1999 e recontratado como funcionrio celetista at 2002)
Na Secretria de Obras e Meio Ambiente , hoje Secretaria de Recursos Hdricos, Saneamento e Obras do Estado de So Paulo (1968 a 1975)
 Chefe da Assistncia Tcnica da SOMA
 Assessor Tcnico do Secretrio da SOMA
 Supervisor e Coordenador do Grupo de Planejamento Setorial da SOMA

ATIVIDADES DE CONSULTORIA E REPRESENTAO EXERCIDAS (2002 a 2009)
 Engenheiro Especialista em Planejamento e Gesto de Recursos Hdricos da Tecnosan Engenharia para participao em licitaes.
 Consultor da Fundao de Estudos e Pesquisas Aquticas do Estado de So Paulo FUNDESPA, vinculada Universidade de So Paulo para assuntos institucionais da Poltica e Gesto de Recursos Hdricos.
 Representante do CREA-SP no Conselho de Recursos Hdricos do Estado de So Paulo CRHSP.
 Integrante das Cmaras Tcnicas de Planejamento, Outorgas e guas Subterrneas do Conselho Estadual dos Recursos Hdricos de So Paulo
ATIVIDADES RELACIONADAS COM A FISCALIZAO DO EXERCCIO PROFISSIONAL E PARTICIPAO EM ENTIDADE DE CLASSE
 Eleito, ora pelo Instituto de Engenharia - IE ora pela Associao Brasileira de Engenheiros Eletricistas de So Paulo ABEESP, como representante dessas entidades de classe no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de So Paulo CREASP estando, atualmente em seu 9 mandato ( 25 anos de Conselho).
 Coordenador da Cmara Especializada de Engenharia Eltrica CEEE, com vrios mandatos.
 Coordenador Adjunto Nacional das Coordenadorias das Cmaras Eltricas do Pas ( 2 mandatos).
 Como Conselheiro da CEEE exerceu o cargo de Presidente das seguintes Comisses Permanentes do CREA-SP:
1. De licitaes e compras
2. De legislao e normas
3. De Acervo Tcnico
4. De tica Profissional
 Diretor Secretrio do CREA-SP (1 e 2)
 Diretor Vice Presidente do CREA-SP (1 e 2)
 Presidente do CREA-SP(cargo exercido interinamente)
 Representante do instituto de Engenharia no CREA-SP
 Representante da Associao Brasileira de Engenheiros Eletricistas de So Paulo - ABEESP no CREA-SP
 Presidente da ABEESP
 Vice Presidente da Associao dos Engenheiros do DAEE
 Membro eleito do Conselho Deliberativo do Instituto de Engenharia
 Eleito Vice Presidente da ABEESP

ATIVIDADES CORRELATAS

Como Superintendente Adjunto do DAEE, teve participao ativa no estabelecimento das bases institucionais do Sistema que implantou a Poltica de Aproveitamento Mltiplo e o Gerenciamento dos Recursos Hdricos do Estado de So Paulo, tendo proferido vrias palestras e escrito alguns artigos sobre o tema.
Como Conselheiro do CREA-SP, proferiu palestras em Escolas de Engenharia e Associaes de Classe no sentido de divulgar os princpios legais que regulam o exerccio profissional dos vinculados ao Sistema CONFEA/CREAs.

Augusto Neves Dal Pozzo

2 FORMAO EDUCACIONAL
1) Curso Superior
Estabelecimento: Faculdades Metropolitanas Unidas
Local: So Paulo
Curso: Direito
Grau obtido: Bacharel
Concluso: 1999

2) Ps-Graduao latu sensu
rea: Direito Tributrio
Estabelecimento: Pontifcia Universidade Catlica - PUC
Ttulo: Especialista Ps-graduao lato sensu
Local: So Paulo
Coordenador: Paulo de Barros Carvalho
3) Ps-Graduao stricto sensu Mestrado
rea: Direito Administrativo
Estabelecimento: Pontifcia Universidade Catlica PUC
Orientador: Celso Antnio Bandeira de Mello
Local: So Paulo
4) Ps-Graduao stricto sensu Doutorado
rea: Direito Administrativo (em andamento)
Estabelecimento: Pontifcia Universidade Catlica PUC
Orientador: Mrcio Cammarosano
Local: So Paulo

3 CURSOS DE EXTENSO UNIVERSITRIA
1) Estabelecimento: Yale School of Management
Curso: Exteno Universitria em Management Program
for Lawyers.
2) Estabelecimento: Sociedade Brasileira de Direito Pblico
Curso: Teoria do Ordenamento Jurdico
Professor: Celso Fernandes Campilongo
3) Estabelecimento: Sociedade Brasileira de Direito Pblico
Curso: Teoria Contratual Moderna
Professor: Ronaldo Porto Macedo Jnior
4) Estabelecimento: Sociedade Brasileira de Direito Pblico
Curso: Jurisdio Constitucional em Mudana
Professor: Oscar Vilhena Vieira
5) Estabelecimento: Sociedade Brasileira de Direito Pblico
Curso: Internet e o Direito
Professor: Ronaldo Lemos da Silva Jnior
6) Estabelecimento: Instituto dos Advogados de So Paulo - IASP
Curso: O procedimento administrativo na atualidade
7) Estabelecimento: SSJ Santille, Schlochauer & Juc
Curso: Laboratrio de Direito Tributrio
Professores: Glucia Frascino, Celso Villardi, Jos Eduardo Soares de
Melo, Marcelo Salles Annunciata, Pedro Anan Jr., Jos
Eduardo T. Toledo, Andra Nogueira Neves, Regis
Fernando de Ribeiro Braga
8) Estabelecimento: Associao dos Advogados de So Paulo - AASP
Curso: Recursos no Processo Civil
9) Estabelecimento: Faculdades Metropolitanas Unidas FMU
Curso: Semana Jurdica Brasil & Portugal O Direito
Constitucional na Sociedade Contempornea, Direito
Comunitrio e Espaos de Integrao da Comunidade
Europia, Tribunal de Justia da Europa e Tribunal de
Direitos Humanos: Estrutura e Organizao e A
Comunidade de Lngua Portuguesa e a Universidade dos
Sete
Professor: Jos Joaquim Gomes Canotilho e Paulo Jorges Tavares
Canelas de Castro
10) Estabelecimento: Sociedade Brasileira de Direito Pblico
Curso: Curso Anual de Direito Administrativo
Coordenador: Carlos Ari Sundfeld

4 OBRA PUBLICADA
Ttulo: Improbidade Administrativa questes polmicas e atuais
Coordenadores: Cssio Scarpinella Bueno
Pedro Paulo de Rezende Porto Filho
Tema: Afastamento de Prefeito Municipal no Curso de Processo
instaurado por Ato de Improbabilidade Administrativa.
Editora: Malheiros
Data: 2001

5 PALESTRAS PROFERIDAS
1) Estabelecimento: RHS Licitaes
Tema: Curso Prtico de Licitao
Local: So Paulo
2) Estabelecimento: Prefeitura Municipal de Araatuba
Tema: Parceria Pblico-Privada
Local: Araatuba Cmara dos Vereadores
3) Estabelecimento: Consulado Geral da Repblica da frica do Sul
Comit Financeiro da Provncia de Gauteng
Tema: Infra-estrutura e Parceria Pblico-privada
Local: So Paulo
4) Estabelecimento: Instituto Internacional de Cincias Sociais
Centro de Extenso Universitria - CEU
Tema: Servios Pblicos
Local: So Paulo
5) Estabelecimento: Defensoria Pblica do Estado de So Paulo
Escola da Defensoria Pblica de So Paulo EDEPE
Instituto Paulista de Direito Administrativo IDAP
Tema: Panorama Geral dos Servios Pblicos
Local: So Paulo
6) Estabelecimento: Defensoria Pblica do Estado de So Paulo
Escola da Defensoria Pblica de So Paulo EDEPE
Instituto Paulista de Direito Administrativo IDAP
Tema: Panorama Geral dos Servios Pblicos
Local: So Paulo
7) Estabelecimento: Instituto de Direito Administrativo Paulista - IDAP
Procuradoria da Repblica no Estado de So Paulo
Tema: Legalidade e Reserva Legal
Local: So Paulo
8) Estabelecimento: Instituto de Direito Administrativo Paulista - IDAP
Procuradoria Regional da Repblica 3 Regio
Tema: Processo Administrativo
Local: So Paulo

6 PARTICIPAO EM CONGRESSOS
1) Congresso: XX Congresso Brasileiro de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Goinia /GO
Data: 23 a 25 de agosto de 2006
2) Congresso: II Congresso Ibero-americano de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Curitiba/PR
Data: 13 a 16 de maio de 2007
3) Congresso: XXI Congresso Brasileiro de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Aracaj/RE
Data: Setenbro de 2007
4) Congresso: I Congresso de Direito Eleitoral
Realizao: Instituto Paulista de Direito Administrativo - IDAP
Local: So Paulo/SP
Data: 20 de junho de 2008
5) Congresso: XXII Congresso Brasileiro de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Braslia/DF
Data: 08 de outubro de 2008
6) Congresso: XXIII Congresso Brasileiro de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Florianpolis/SC
Data: 21 a 23 de outubro de 2009
7) Congresso: XXXV Jornadas Nacionales y V Congreso Internacional de
Derecho Administrativo
Realizao: Asociacin Argentina de Derecho Administrativo
Local: Paran, Provincia de Entre Rios Argentina
Data: 16 a 18 de setembro de 2009
6) Congresso: XXIV Congresso Brasileiro de Direito Administrativo
Realizao: Instituto Brasileiro de Direito Administrativo - IBDA
Local: Belo Horizonte/MG
Data: 15 a 17 de setembro de 2010
8) Congresso: XXXVI Jornadas Nacionales y VI Congreso Internacional de
Derecho Administrativo
Realizao: Asociacin Argentina de Derecho Administrativo
Local: Puerto Madryn, Provincia de Chubut Argentina
Data: 20 a 22 de outubro de 2010

7 EXPERINCIA DOCENTE
1) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Economia, Administrao, Contabilidade e
Aturia - FEA
Disciplina: Direito Administrativo
Perodo: 2 semestre de 2005
2) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 2 semestre de 2007
3) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 2 semestre de 2008
4) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Direito Administrativo
Perodo: 2008 (turma anual 3 ano)
5) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Direito Administrativo
Perodo: 2009 (turma anual 4 ano)
6) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 1 semestre de 2009
7) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 1 semestre de 2010
8) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 2 semestre de 2010
9) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Direito Administrativo
Perodo: 2 semestre de 2010
10) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 1 semestre de 2011 (em andamento)
11) Universidade: Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP
Faculdade: Faculdade de Direito
Disciplina: Fundamentos de Direito Pblico
Perodo: 1 semestre de 2011 (em andamento)

8 EXPERINCIA INTERNACIONAL
rea: Direito Econmico, Bancrio e Financeiro
Estabelecimento: Banco Esprito Santo S/A
ESAF Esprito Santo Activos Financeiros
Local: Lisboa
Pas: Portugal

ENTIDADES
1) Membro do Instituto de Advogados de So Paulo IASP
2) Membro do Instituto de Direito Administrativo Paulista IDAP
3) Membro da Asociacin Argentina de Derecho Administrativo AADA
4) Membro da International Bar Association - IBA

Claudio A. Dall Acqua

Formao Acadmica

Graduao
Engenheiro Civil, pela Escola Politcnica da USP 1966 - Registro no CREA n 0600-19603-4

Ps Graduao e Extenso Profissional

Administrao Financeira e Gesto de Empresas, pela Escola de Administrao da FGV, em 1982.
Contract Administration and Risk Management Princeton USA em 2006
Gesto da Qualidade e Produtividade pela Fundao Vanzolini e Instituto de Engenharia em 1996
Arbitro da Camara de Mediao e Arbitragem do Instituto de Engenharia em 2003
Engenheiro de Segurana do Trabalho, pela Esc. de Engenharia da FAAP- 1975


Idiomas
Fluente em ingls, espanhol e italiano.

Resumo das Qualificaes

44 anos de experincia profissional em engenharia civil, como empresrio do setor,
Destacada liderana empresarial com atuao em entidades de classe patronais e profissionais.
Pioneiro em introduzir e desenvolver sistemas construtivos com tecnologias inovadoras para o Brasil.
Especialista em Sistemas de Administrao de Contratos e Gerenciamento de Empreendimentos pblicos ou privados nos setores industriais, comerciais ou habitacionais, com reconhecimento internacional.
Consultor especializado na elaborao e ou defesa de Pleitos (claims) nas diversas modalidades de Contratos de Engenharia e Construo.
Consultor especializado em Gerenciamento de Riscos Contratuais e Resoluo de Controvrsias.
Especializado em Sistemas de Gesto e Controle de Qualidade de Procedimentos e Processos.
Fundador e Membro da Cmara de Mediao e Arbitragem do Instituto de Engenharia

Experincia Profissional e Empresarial

PEGASUS-GLOBAL HOLDINGS (2006 Atual)

Diretor Regional para a America do Sul, nas reas de Gerenciamento de Riscos, Administrao Contratual, Planejamento Estratgico e Resoluo de Controvrsias.
Responsvel pela coordenao dos trabalhos de equipes tcnicas nacionais e estrangeiras, quando alocadas em servios de gesto para empresas de Grande Porte e Concessionrias de Servios Pblicos na rea de Infraestrutura.

DALL ACQUA OBRAS DE QUALIDADE (1968-Atual)

Scio fundador da empresa DALLACQUA, o responsvel tcnico e gestor principal das mais de 430 obras executadas pela empresa desde a sua fundao em 1968.
O conjunto das obras industriais, habitacionais, pblicas e comerciais, que constam do portflio da empresa DallAcqua, poderia ser resumido nos seguintes dados principais:
2.100.000 m3 de concreto lanados
3.400.000 m2 de rea construda.
1.580.000 toneladas de gros armazenados em 28 grandes conjuntos de silos
12.648 unidades habitacionais

SMO PARTICIPAES E EMPREENDIMENTOS LTDA

Scio fundador e principal gestor por servios ligados a rea de investimentos em outras empresas e empreendimentos imobilirios.


Experincia Institucional

Exerce atividade cvica em entidades de classe e rgos de desenvolvimento da engenharia das mais representativas do Brasil e no mundo.

UPADI PAN AMERICAN FEDERATION OF ENGINEERS SOCIETIES
Presidente da Diretoria Internacional 2001 2008
Presidente do Conselho Consultivo 2009 - 2012

WFEO WORLD FEDERATIONS of ENGINEERIG ORGANIZATIONS
Membro do Conselho Executivo com mandato at outubro de 2011.

FDTE FUNDAO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ENGENHARIA USP
Membro do Conselho Curador com mandato at 2012

INSTITUTO DE ENGENHARIA BRASIL
Presidente no perodo 1997 a 2001

FIESP FEDERAO DAS INDSTRIAS DE SO PAULO
Membro do Conselho de Estudos Avanados CONSEA

IPT - INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLGICAS DE SO PAULO
Membro do Conselho de Orientao at 2004

CREA-SP CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E ARQUITETURA
Coordenador do GT - Inovao, Tecnologia e Desenvolvimento com mandato at dez.de 2010.

ASCE AMERICAN SOCIETY OF CIVIL ENGINEERS
Membro convidado para cooperao internacional

IBDic INSTITUTO BRASILEIRO DO DIREITO E CONSTRUO
Membro do Conselho Deliberativo

Homenagens e premios

Recebeu diversos prmios e reconhecimentos nacionais e internacionais, como Personalidade Destacada da Engenharia, alm de prmios e medalhas recebidas das esferas governamentais do Brasil e de outros pases por seu trabalho e liderana nas atividades da Engenharia em prol das atividades econmicas e sociais.

Foi homenageado em abril de 2012, em Cuba, com o Premio Panamericano de Integrao e Solidariedade Carlos Lopez Rivera reconhecido como a maior distino entre os engenheiros da Amrica pela dedicao causa da integrao da engenharia em mbito pan-americano.

Livros Publicados

Autor convidado pela UNESCO para escrever sobre o estgio e desenvolvimento da Engenharia Brasileira em livro publicado em 2010, na Conferencia Internacional de Paris.

Autor de captulo especial sobre importantes projetos no Brasil, como parte do Livro Infrastructure Megaprojects, a pedido da ASCE American Society of Civil Engineers.

Autor de

Trabalhos tcnicos e teses

Publicou diversos trabalhos realizados em engenharia civil.

Artigos publicados

Autor de mais de 200 artigos e trabalhos publicados em revistas e jornais

Congressos, Seminrios e viagens de estudo

palestrante convidado em diversos congressos internacionais, tratando de assuntos ligados a participao da engenharia nas diversas reas de atividades profissionais e econmico-sociais.
Como Presidente da UPADI, participou , coordenou e presidiu seminrios e Convenes Internacionais tanto empresariais, quanto institucionais.

Dario Rais Lopes

Engenheiro de Aeronutica e Mestre em Engenharia/ITA, Doutor em Engenharia de Transportes/Poli-USP. Sempre trabalhou na rea de transportes, em empresas pblicas e privadas. Ocupou diversos cargos pblicos: Secretrio dos Transportes de So Jos dos Campos, Superintendente do DAESP, Presidente da DERSA e Secretrio de Estado dos Negcios dos Transportes de So Paulo. Foi o Eminente Engenheiro do Ano de 2005 do Instituto de Engenharia. Atualmente Diretor de Desenvolvimento de Negcios da ECORODOVIAS Infraestrutura e Logstica S/A e Professor na Escola de Engenharia Mackenzie


Joo Ernesto Figueiredo

1 - EXPERINCIA PROFISSIONAL

Estagirio no setor de obras do Departamento de guas e Esgoto, 1965.
Chefe do Depto. Economia e Finanas da Brasconsult Eng de Proj. S/A, 06/66 a 6/71:
- Planejamento regional (Baixo Tiet e Sudoeste da Grande S. Paulo) e municipal (Sumar);
- Viabilidade da navegao nos rios Tiet e Paran e seu entroncamento hidro-ferro-rodovirio;
- Viabilidade Barragem de Eldorado (energia, navegao, gua potvel, irrigao e turismo).
- Plano Diretor do Porto de So Sebastio;
Assessor do Presidente do Banco Central, Ruy A. da Silva Leme, 04/67 02/68;
Chefe Depto Underwriting INVESTBANCO. 7/71 7/72. 20 operaes, com registros em Bolsa, certificao de Capital Aberto e assessoria em varias fuses.
Diretor de Operaes do Banco Denasa de Invest 8/72 6/84: Operaes em todas as reas do mercado, como I.P.O. de debntures/aes, emprstimos, repasses (moeda nacional/estrangeira), avais/fianas, leasing, etc.
Diretor Crdito e Marketing, na gesto First Chicago no Bco Denasa 7/84 8/86; idem.
Diretor de Produo do BNL Banco de Investimento 9/86 10/88; idem.

2- OUTRAS RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS

Membro do Conselho Fiscal da Investilease S/A, Investexport S/A, Corretora I.B. e Distribuidora I.B. -72;
Membro do Conselho de Administrao da Construarc S/A. Construes, 80/99;
Diretor da Destilaria RS S/A, de 1984 1986;
Diretor da CIDEBRAC Cia de Desenvolvimento Energtico Brasil Central S/A, 84/86;
Scio Diretor da FPM Fomento Comercial Ltda, de 4/89 a 4/92;

3-ATIVIDADES NA REA DA CONSULTORIA

1-Txtil Nova Odessa, 66, Uso de modelos matemticos avanados na otimizao da produo.
2-Prima Eletrodomstico, 66, Assessor de Ruy Leme: Anlise Financeira venda empresa.
3-Grupo Eluma, 1971, perito na fuso de Brasilwagen S.A. com Eluma S/A.
4- Socopa Corretora S/A, 73. Curso sobre Debntures para Gerentes.
5) Holding Denasa, 73. Avaliao Bco Intercontinental de Invest. p/ compra. Parecer contrrio.
5- Belgo Mineira, 77, Treinamento em Anlise de Crdito para Gerentes da rea Comercial.
6-Henkel do Brasil S/A, 77, Treinamento em Anlise de Crdito, p/Gerentes rea Comercial.
7-Fund. Carlos Chagas, 78: Feitura questionrio concurso p/ selecionar o 1 quadro da C.V.M.
8-First Chicago Servios, 86/87; gesto de ativos aps venda do Bco de Investimento ao BNL.
9- Hobby Roller Ltda, 1989; reestruturao da linha de produtos da empresa.
10- Brgamo Cia. Industrial, 1989; negociao com credores.
11- MIPS-Microinformtica Prod. e Serv. Ltda, 1990; reestruturao da empresa.
12- KGM Eng, desde 1990; consultoria econmico-financeira. Plano de salvao da empresa.
13- Metalrgica Francari Ltda. 1991; estudo sobre margem de linha de produtos.
14- Grupo Mappin, 1992; montagem de empresa de Factoring.
15- Grupo Primicia, 1992; montagem de empresa de Factoring.
16-Assoc. Const. Centrais Energticas ACCE, 1993; projeto p/ recuperar crdito Eletrobrs.
17-Trianon Empreend. Ltda., 1993; viabilizao de empreendimento imobilirio.
18-Calados Francano, 1993; reestruturao da empresa.
19-Gonalves da Cruz Construes, 1993; renegociao com Banco credor.
20-Sonolar S/A, 1993; reestruturao da empresa.
21-CBPO 94/98; 2 trabalhos p/ suporte jurdico em pleito de recuperao de crditos glosados;
22-Badra S/A, 1994 a 1995; renegociao com credores da empresa.
23-APASE Assoc. Pta Superv. Ensino, Consultor desde 94; trabalhos apoio pleitos salariais.
24-Destilaria Rio Brilhante S/A, 1994; negociao de divida de grande valor.
25-Construarc S A Constr 96/9: negociao c/credores, associaes em negcios especficos.
26-Spenco Eng: viabilidade explorao estacionamento (1995) e negociao c/ credores (97).
27- Banco Omega S/A, 1996; negociao com devedor.
28- Fabr. de Alfinetes Estylo Ltda.1997 Estudo de desmobilizao da empresa.
29- DLC Engenharia, 1998: Viabilizao de recursos p/ empreendimento imobilirio.
30-Perfil Tag Feiras e Congressos Ltd, 1998: mediao triangular p/ recuper. de credito.
31-Pacific Bicycle Company Ltda, /98 mediao na definio de valor de dbito.
32- Company Eng e Constr. Ltda /98 mediao na definio de valor de crdito.
33- Consorcio Xing, Mendes/Constran/CBPO 1998 Assistente de Perito pendncia CHESF.
34- VR Informtica Ltda. 1999/2001: Consultor na estruturao de rea comercial,

4- ATIVIDADES DOCENTES

Professor da Escola de Engenharia Mau: Oramento e Finanas no Curso de Extenso em Administrao Industrial; Mercado de Capitais e Engenharia Econmica no Curso de Especializao em Finanas e Informaes Financeiras no Curso de Especializao em Marketing 76/82.
Professor da BOVESPA e do IBMEC: Curso de Analista de Mercado de Capitais, 1975/76.
Professor do FIPECAFI no curso patrocinado pelo BNDES sobre Mercado de Capitais, com a Cadeira "Mecanismos Operacionais das Instituies Financeiras" 1976.
Conferencia no Centro Estudos Jurdicos da Guanabara - CEJUR: curso patrocinado pelo BNDES "Debntures Conversveis em Aes como instrumento para empresas, com nfase para as formas de converso" 5/77 R. J.
Conferencia no curso de Graduao de Administrao de Empresas da FGV: "Modalidades formas de captao de recursos para empresas nacionais 1977 SP
Conferncia no Hilton Hotel: Seminrio feito pela Planasa sobre Gerncia de Suprimentos - 79.
Professor de Mercado de Capitais no "Programa de Desenvolvimento em Administrao Financeira", SENAC e PACE UNIVERSITY/N. York. Conferencias no Hilton Hotel: Seminario pela Planasa sobre Estratgias Financeiras em Perodos de Restries 1981.
Conferencias sobre o tema A Empresa e a Captao de Recursos , em Campinas, Bauru, Rio Preto, Araraquara, Araatuba, Santos e Ribeiro Preto 1981.
Conferencia no Seminario."Captao de Recursos", promovido p/ DIAGRAMA/VISO no Maksoud Hotel - 81.
Conferencia no Sindicato de Engenheiros e Arquitetos de Campo Grande (MS), sobre "Sistema Financeiro Brasileiro" 1983.
Conferncia sobre "Organizao em Associaes e Sindicatos" Hotel Transamrica 1986

5- CONGRESSOS E SEMINRIOS

VI Congresso Nacional de Bancos 1967 RECIFE, com a tese "Economias com Caixas Executivos"- Equipe BACEN.
Congresso do F. M. I. - 1967 - Rio de Janeiro - Membro do "staff" do Banco Central
Coordenao do Seminrio "Problemas Econmicos Nacionais" 1969 no IE gesto Celestino Rodrigues;
Seminrio Internacional de Mercado de Capitais-1971, R.Janeiro, - IBMEC;
Seminario "Estratgia e Controles Financeiros" - 77, dado por Ezra Solomon da Stanford University.
Seminrio de Percias Judiciais - IBAPE - 1977 - I.Eng
II Seminrio sobre Debntures - ABAMEC - 1981
9 ENCO - Encontro Nacional de Engenharia 1988 S.Paulo, Mediador e debatedor e eq. organizadora.
Seminrio sobre Legislao Tributria - Trevisan e Associados 1988
2003 a 2012: coordenou diversos seminrios no Instituto de Engenharia, nas reas de transportes, saneamento e energia.

6- TRABALHOS E PUBLICAES

"Economias com Caixas Executivas" editado pelo BACEN, VI Congresso Nacional de Bancos 1967
Co-autor, com Vladimir Rioli do Livro "Debntures-Conceitos e Aplicaes", ABAMEC/1973;
Propostas de regulamentao pelo Governo para abertura de capital ADESG 1973;
"Suporte Financeiro da Industria da Construo Civil", apresentado no Forum de Debates sobre Industria da Construo e o Plano Habitacional de So Paulo", no Instituto de Engenharia, 1975;
Artigos desde 1972 (ABAMEC, BOVESPA, Revista Economia, Gazeta Mercantil, Estado, DCI, Globo, Folha, etc).

7- PREMIAES

ABAMEC/74 Melhor trabalho Individual: com Vladimir Rioli, no livro "Debntures, Conceitos e Aplicaes"
Instituto de Engenharia, 1975 Melhor trabalho em colaborao com o Poder Pblico, com a monografia "Suporte financeiro da industria da construo civil"

8- CURSOS DE PS GRADUAO

1 Semana da Engenharia de Produo - 1965 - Inst. de Eng/EPUSP
Problemas Econmicos Brasileiros - 1968 - EPUSP
1(1969) e 2Jogo de Empresas (1970), Inst.de Eng (membro das 2 equipes vencedoras).
Ps-Graduao no Depto de Engenharia de Produo da E.P.U.S.P. (2 anos).
Problemas Econmicos de Eng de Produo (I e II), 1968 - Prof Ruy A.S. Leme.
Finanas na Empresa (I e II), 1968 - Prof Amrico O. Campiglia
Comportamento Administrativo na Empresa, 1969 - Prof Sergio B. Zaccarelli.
Programao Matemtica, 1970 - Prof Samso Woiler.
Sistemas de Produo, 1970 - Prof Israel Brunstein.
Seminrios: explorao rodovias, regime de concesses(1970) e Probls Nacionais (1971)
Curso de Mercado de Capitais-1972, Prof Benedicto F. de Barros (6 meses)
Curso de Segurana e Desenvolvimento da ADESG - 1973 ( 6 meses )
Vrios cursos s/economia, RH, informtica, neuro-linguistica, planej estratg, empresarial.
Curso de Negociao elaborado para Maubertec Engenharia por AMANA -1992
Curso de Arbitragem ministrado pelo Tribunal de Arbitragem de So Paulo-1999
Muitas participaes, como organizador/palestrante em Congressos, seminrios no presente milnio.

9 - SOCIEDADES TCNICAS E INSTITUIES A QUE PERTENCE

Instituto de Engenharia: Atual Presidente do Conselho Consultivo, j foi V.P. Adm. e Finanas ou Diretor nas administraes Eduardo Lafraia; rpad Mihalik, Bernadino P. Mendes, L. A. Falco Bauer, Lauro Rios, Plnio O. Assmann, Jos Roberto Bernasconi e Maaiko Tisaka,
Associao dos Diplomados na Escola Superior de Guerra - ADESG

10- ATIVIDADES ATUAIS

1) Presidente do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia
2) Membro do Conselho Superior de Economia da FIESP
3) Conselheiro da Associao dos Engenheiros Politcnicos
4) Diretor Tesoureiro do Conselho Brasil Nao
5) Diretor Tesoureiro do Centro Democrtico dos Engenheiros
6) Scio Diretor de Airamana Projetos Engenharia e Dec. S/C Ltda, desde 1982;
7) Scio e Diretor de Sitio S. Jos SC Ltda desde 1995 (empreendimento imobilirio)
8) Consultor em Engenharia Administrativa-Juridica-Financeira de empresas de engenharia
9) Professor da Escola Superior de Negcios de Engenharia (em implantao)
10) Atualmente coordenando livros prprios e para o Instituto de Engenharia

Jos Roberto Bernasconi

 Engenheiro Civil, 1965, pela Escola Politcnica da Universidade de So Paulo, CREA n 0600188220
 Advogado pela Faculdade de Direito pela UNIP - Universidade Paulista de So Paulo, 2005, OAB n 248516

ATIVIDADES DIDTICAS

 Professor na Escola Politcnica da Universidade de So Paulo, no Departamento de Estruturas e Fundaes, 1970 a 1975, das Disciplinas Construes de Concreto e, posteriormente, Pontes e Grandes Estruturas.

ATIVIDADES EMPRESARIAIS

 Scio do Escritrio Tcnico Engenheiro Maurcio Gertsenchtein e
Engenheiro Jos Roberto Bernasconi, de 1965 a 1969.

 Scio e Diretor da Maubertec Engenharia e Projetos Ltda, desde 1969.

 Diretor Presidente da Maubertec Engenharia e Projetos Ltda., desde 1981.

 Diretor Presidente da Maubertec Empreendimentos e Construes Ltda.,
desde 1982.

 Diretor da Maubertrade Comrcio Exterior Ltda., de 1993 a 2000.


PARTICIPAES EM ENTIDADES E ASSOCIAES DE CLASSE

Instituto de Engenharia de So Paulo - IE

 Presidente eleito para o binio 1985/1987 e reeleito para o binio 1987/1989.
 1 Vice-Presidente, eleito para o binio 1983/1985.
 Membro Permanente do Conselho Consultivo.
 Eleito Membro do Conselho Deliberativo (1977/78, 1978/80, 1982/83, 2003/04, 2006/07 e 2008/10) tendo exercido funes de Diretoria Diretor de Relaes Externas (1978/79) e Diretor Tesoureiro (1979).
 Membro das seguintes Divises Tcnicas: Circulao e Transportes, Mecnica dos Solos e Fundaes, Estruturas, Urbanismo, Marketing na Engenharia e Tecnologia Nacional.
 rbitro da Cmara de Mediao e Arbitragem do Instituto de Engenharia, desde 2005

Centro de Integrao Universidade - Construo e Consultoria - UNICCON

 Presidente do UNICCON, que constitudo pelas entidades empresariais APEOP, SINAENCO, SINDUSCON-SP e SINICESP e pela Escola Politcnica da Universidade de So Paulo, cujo objetivo o intercmbio para especializao tcnica e profissional de jovens engenheiros ibero-latino-americanos, desde 1992.

Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva SiNAENCO

 Presidente Regional-SP, eleito para o binio 2010/2011
 Presidente Nacional, reeleito para o binio 2007/2009
 Presidente Nacional, eleito para o binio 2006 / 2007
 Vice-Presidente de Engenharia Regional SP 2004 a 2005.
 Membro da Diretoria Nacional, de 1999 / 2001.

Federao das Indstrias do Estado de So Paulo FIESP

 Diretor do Conselho Superior da Indstria da Construo CONSIC, desde 2009.
 Diretor do Departamento da Indstria da Construo Civil DECONCIC, de 2007 a 2011.
 Membro do Comit da Cadeia Produtiva da Construo Civil - COMCIC, desde 2005
 Membro da Comisso da Indstria da Construo, da CIC/FIESP, 1992 a 2004
Coordenador do Grupo Tcnico Permanente do Contrubusiness da Comisso da Indstria da Construo - CIC/FIESP, de 1998 a 1999.
Coordenador da Diviso de Servios Tcnicos da Comisso da Indstria da Construo - CIC/FIESP.
 Diretor da Diviso de Assuntos da ALCA/OMC do Departamento de Relaes Internacionais e Comrcio Exterior (DEREX), de 1998 a fevereiro de 2000.

Centro das Indstrias do Estado de So Paulo CIESP

 Membro do Conselho Industrial do Centro das Industrias do Estado de So Paulo CIESP, desde 2007
 Membro do Conselho de Orientao Tcnica em Relaes Industriais COTRI,
setembro de 2005 a 2007.

Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia de So Paulo CREA-SP
 Coordenador do Grupo de Trabalho que trata de Segurana dos Estdios de Futebol no estado de So Paulo, estudo que resulta de acordo de cooperao entre CREA-SP e Federao Paulista de Futebol - FPF.

Frum Ibero-Americano de Engenharia Civil e Construo - FIADICC

 Vice Presidente de 1992 a 1998.

Unio Panamericana de Associaes de Engenheiros UPADI

 Secretrio do Conselho Consultivo, de 2000 a 2004
 Membro Permanente do Conselho Consultivo desde 1998
 Coordenador da entidade para a Regio Sul Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolvia, e Vice-Presidente do Comit UPADI de Energia para a Amrica Latina, de 1990 a 1992.

Cmara Brasileira da Indstria da Construo - CBIC

 Presidente da Comisso de Relaes Internacionais - CRI/CBIC, 1992 a 1995.

HOMENAGENS RECEBIDAS

 Homenageado com o Prmio Personalidade da Engenharia Consultiva do Ano de 1990, outorgado pelo SINAENCO/SP.

 Homenageado com o ttulo de Engenheiro do Ano, outorgado pela Associao Comercial de So Paulo Distrital Lapa, 1992.

 Homenageado com a medalha Armando Mestre Martnez Testimonio a la Excelencia Profesional Latinoameircana, outorgada pelo Estado de La Repblica de Cuba, atravs do Sindicato Nacional de Trabajadores de La Construccin e da UNAICC Unin Nacional de Arquitectos e Ingenieros de La Construccin de Cuba, 1995.

 Homenageado com o Prmio Panamericano de Engenharia, outorgado, por unanimidade, em reunio realizada na cidade do Panam, em 21 de agosto de 2000, pelo Diretrio Internacional da Unio Panamericana de Associaes de Engenheiros UPADI e entregue em cerimnia solene no Palcio dos Bandeirantes (sede do Governo de So Paulo), em 11 de dezembro de 2001.

 Homenageado com o ttulo de Scio Honorrio pela ABECE Associao Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural, durante a realizao do 11 ENECE Encontro Nacional de Engenharia e Consultoria Estrutural, em So Paulo, outubro de 2008.

 Homenageado com o ttulo de Personalidade da Consultoria 2009 pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de So Paulo, durante as comemorao do Dia do Engenheiro, dezembro de 2009

 Homenageado com a outorga do ttulo de Scio Benemrito pela Associao Brasileira de Engenheiros Civis de So Paulo ABENC, outubro de 2010

Maahico Tisaka

Engenheiro civil, formado pela Escola Politcnica da USP- 1964, CREA n 060018147-2, RG n 2.001.751-0, especializado em Engenharia Econmica e de Custos, ex-presidente do Instituto de Engenharia, Ttulo de Engenheiro de Custos do Ano de 2008 outorgado pelo IBEC-Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos, perito tcnico arbitral, arbitro e conselheiro da CMA- Cmara de Mediao e Arbitragem do Instituto de Engenharia, membro titular do IBAPE Instituto Brasileiro de Avaliao e Pericia de Engenharia, ex-conselheiro do CREA-SP e membro titular da Cmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-SP, membro do Conselho Diretor do IBDIC-Instituto Brasileiro do Direito de Construo, relator do GT-4 da ABNT para a preparao da norma de elaborao de oramento em obras de construo e infraestrutura, membro vitalcio do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia, membro permanente do Conselho Consultivo da Revista Construo Mercado, membro do Conselho Diretor do IBDIC-Instituto Brasileiro de Direito da Construo, revisor tcnico da Revista Infraestrutura da Editora PINI, autor dos livros Critrios para Fixao dos Preos de Servios de Engenharia, Oramento na Construo Civil Consultoria, Projeto e Execuo 2 Edio, Como Evitar Prejuzos em Obras de Construo Civil todos da Editora PINI e Norma Tcnica IE-01 para Elaborao de Oramento de Obras de Construo Civil do Instituto de Engenharia, professor do curso de Direito da Construo do IICS Instituto Internacional de Cincias Sociais, professor de vrios cursos de especializao em Engenharia Econmica e de Custos, consultor de empresas no levantamento de reequilbrio econmico-financeiro de contratos.

Marcelo Massarani

Engenheiro Mecnico e Doutor em Engenharia Mecnica pela Escola Politcnica da USP. Professor da Escola Politcnica da USP onde ministra cursos de graduao, ps-graduao e de atualizao, nas reas de, engenharia e anlise do valor e metodologia do projeto. Consultor de empresas para a concepo e desenvolvimento de produtos. Pesquisa e desenvolve tcnicas para o uso da criatividade, mtodos de comunicao precisa em ambiente empresarial, inovao e aplicaes da engenharia e anlise do valor.


Paulo Ferreira

Possui graduao em Engenharia Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1967), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade de So Paulo (1981) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade de So Paulo (2010). Atualmente professor adjunto da Universidade Presbiteriana Mackenzie, membro colaborador da Universidade de so Paulo - Escola Politcnica e Conselheiro do Instituto de Engenharia de So Paulo. Tem experincia na rea de Engenharia Sanitria, com nfase em Aduo e Tratamento de gua, transporte e tratamento de Esgotos. Foi Diretor Tcnico e de Meio Ambiente da Sabesp (1995-1999), Diretor de Controle de Poluio da Cetesb (2000) e Secretrio Adjunto do Meio Ambiente do Estado de So Paulo (2000-2003).


Paulo Kirschner Jr.

Engenheiro pela Poli USP
Mestre e PhD pela Universidade de Stanford
Ex professor da Poli USP e da FEA USP
Ex diretor presidente da Fundao Vanzolini e atual presidente de seu Conselho Fiscal
Advisor e ex executivo de empresas de vrios setores de atuao, incluindo entre outros publicidade, real estate, mercado financeiro e industrial

Plinio Assmann

Presidiu a Cia. do Metr de S.Paulo durante a construo e implantao da operao da primeira linha de Metr do Brasil e deu inicio a construo da segunda.
Fundou e presidiu a ANTP Associao Nacional de Transportes Pblicos.
Presidiu o Conselho da Cia. do Metr do Rio de Janeiro.
Foi Secretario de Transportes do Governo de S.Paulo na gesto Mario Covas.
Presidiu a COSIPA Cia.Siderrgica Paulista
Presidiu o Instituto de Engenharia.


Vladimir Antonio Rioli

H 25 anos consultor empresarial na rea de reestruturao financeira e societria, de viabilizao de projetos imobilirios e emisso de valores mobilirios, exercendo atualmente a Presidncia da PluriBank S/A. e da PluriSport S/A e as funes de Agente Fiducirio de emisses de debntures dos Grupos ItauUnibanco, CPFL Energia e SERVLEAISE .

Anteriormente, por 25 anos foi executivo de instituies financeiras, exercendo, dentre outras funes, a Vice-Presidncia de Finanas do Banco do Estado de So Paulo e a Diretoria de Investimento do Banco Denasa.

Ao longo dos ltimos 40 anos foi, ainda, Membro Efetivo da Comisso Diretora do Programa Nacional de Desestatizao do Governo Itamar Franco e Consultor do Programa Estadual de Desestatizao do Governo Mrio Covas; Professor da BOVESPA, UNIMEP, Fundao Getlio Vargas e do Instituto Mau de Engenharia; e Presidente da Associao Brasileira dos Analistas do Mercado de Capitais ABAMEC e da Associao Brasileira de Autogesto.


VOLTA


Conheça a estrutura do Instituto e o que ele pode oferecer para você